VJT_topo_Montra_Seychelles 1_2016



Seychelles
Seychelles, oficialmente República das Seychelles, são uma nação insular localizada no Oceano Índico ocidental, constituída por vários arquipélagos localizados a norte e nordeste de Madagáscar. Fazem parte das Seychelles as Ilhas Seychelles propriamente ditas, as Ilhas Amirante, as ilhas Farquhar, as ilhas Aldabra e algumas outras ilhas dispersas. Tem uma área total de 451 km², a população é de 80 mil habitantes, e é uma república presidencialista.
É lar de dois Patrimónios Mundiais da UNESCO: Aldabra, o maior atol de coral do mundo, e o Vallée de Mai em Praslin, que se acredita ser o local original do Jardim do Éden.
As Ilhas Seychelles são consideradas como um destino único, que oferece experiências deslumbrantes e sensoriais, um alto padrão de alojamento, natureza incrível, e inúmeras atividades que podem proporcionar aos visitantes inspiração, relaxamento e rejuvenescimento.
O clima é quente e húmido, com temperatura média anual de 29º C, embora o calor seja geralmente atenuado pela brisa do mar, especialmente nas praias. O período mais frio nas Seychelles ocorre durante a estação das monções de sudeste (maio a setembro) e a estação mais quente durante a monção noroeste (novembro a março). Abril e outubro são meses de transição entre as duas monções, quando o vento é variável. A monção noroeste tende a ser mais quente e mais chuvosa, enquanto a estação das monções sudeste geralmente é mais seca e fria.
O fuso horário é UTC/GMT + 4h00 (mais 4 horas do que em Portugal Continental). Em março os relógios adiantam 1 hora, ficando o dia mais comprido. Os relógios voltam uma hora atrás no último Domingo de outubro.
As línguas faladas são o Crioulo das Seychelles, o Inglês e o Francês.

Eletricidade
A corrente utilizada é de 220 Volts e as fichas têm dois e três pinos (é necessário adaptador).

Transportes
Transporte rodoviário - A rede de estradas asfaltadas é ainda escassa mas está a ser alargada. As estradas são estreitas e sinuosas, muitas vezes com precipícios e curvas perigosas, sendo os rails de segurança raros. Aconselha-se cautela ao conduzir, procure evitar as estradas mais remotas, principalmente à noite. Tenha em atenção que, nas Seychelles, a condução é efetuada pela esquerda. Em caso de acidente, deverá aguardar a chegada da polícia.
O aluguer de uma viatura (para maiores de 21 anos e com carta de condução há pelo menos 3 anos) é aconselhável se pretender conhecer toda a Ilha de Mahé, uma vez que o seu preço não é muito elevado (€35 a €45 por dia dia) e dar-lhe-á maior liberdade nas suas deslocações. Os autocarros são o único meio de transporte público e são baratos, mas pouco frequentes em algumas rotas. Os táxis são bons para viagens curtas, sendo fáceis de encontrar, mas aconselha-se a negociar a tarifa antes de começar a viagem, uma vez que o preço para não residentes poderá chegar a €1,50 por quilómetro.
Transporte ferroviário Desaconselhado, tendo em conta a ausência de condições mínimas de conforto, salubridade e segurança.
Transporte marítimo - São várias as embarcações que operam nas Ilhas Seychelles, efetuando ligações regulares entre as diversas ilhas do arquipélago. O Cat Cocos é um catamaran de alta velocidade que assegura duas a três viagens diárias de ida e volta entre Mahé e Praslin, com um custo aproximado de 70 € por pessoa. A viagem dura cerca de uma hora, e os bilhetes poderão ser adquiridos no escritório desta companhia (em frente ao cais na Ilha de Mahé) no dia anterior ao da viagem, mediante disponibilidade. Os horários estão sujeitos a mudanças frequentes e a interrupções, aconselhando-se pois a confirmação dos horários de partidas, por telefone, no próprio dia da viagem. A Praslin Express também opera entre as ilhas de Mahé e Praslin, mas as suas embarcações têm sido bastante afetadas por falhas técnicas no passado. A Belle Serafine é uma pequena embarcação que faz a mesma ligação, num período de 3 a 4 horas, com custo de 150 Rupias. Os horários das viagens desta companhia deverão também ser confirmados por telefone.

Números de emergência
Não existe uma representação diplomática de Portugal nas Seychelles. Os assuntos relativos a este país são acompanhados pela Embaixada de Portugal em Adis Abeba:  Telefones: (00251) 116290445 /116290871
Para efeitos de proteção consular local poderá contactar qualquer Embaixada de países da União Europeia, que por sua vez entrará em contacto com a Embaixada de Portugal em Adis Abeba.
Polícia/Emergência: (+248) 999

Bancos e Moedas
A moeda local é a Rupia das Seychelles. Os euros e os dólares são geralmente aceites como meio de pagamento.
O câmbio pode ser efetuado nos estabelecimentos bancários e na maioria dos hotéis da ilha de Mahé. Os principais estabelecimentos hoteleiros das Seychelles aceitam cartões de crédito, assim como as principais agências de viagens, encontrando-se, no entanto, mais generalizado o cartão de crédito VISA. Com cartões de débito e de crédito nacionais podem ser efetuados levantamentos em caixas multibanco (ATM) existentes no arquipélago. Portanto, será mais seguro comprar rúpias no aeroporto.
É conveniente informar a entidade emissora quando se desloca ao estrangeiro, pois desta forma é mais fácil evitar as utilizações fraudulentas.
Em geral, os bancos estão abertos de segunda a sexta, das 8h30 às 15h00. As agências de câmbios abrem diariamente das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00
.

Gorjetas
A maior parte dos prestadores de serviços já incluem uma taxa de serviço entre os 5% e 10%. Dar gorjeta não é obrigatório no país, mas é muito apreciado.

Comércio local
As lojas abrem de segunda a sexta das 9h00 às 18h00. Aos sábados o comércio só abre pela manhã, entre as 9h00 e as 13h00.

Gastronomia
Como é um destino de praia, o prato forte da cozinha das Seyhelles é o peixe que não só é fresco, como oferece variedades e sabores maravilhosos. Alguns peixes magníficos são o red snapper, conhecido como bourzwa, o job-zob de carne branca, o atum (muito diferente daquele que conhecemos), as cavalas reais ou kingfishou wahoo e o karang. O prato mais típico da cozinha crioula é um puchero com salsa de chili. Mesmo que esteja acostumado ao picante, tenha cuidado com este prato! - a pimenta destas ilhas é conhecida como "fogo infernal" e é realmente picante. Também se servem pratos de carne e aves aromatizados com as deliciosas especiarias do país.
Além disso, muitos hotéis cozinham para atender especificamente aos gostos asiáticos, europeus e internacionais. Nas Ilhas também encontrará uma grande variedade de cafés, pizzarias e bares.